Sustentabilidade e responsabilidade social fazem parte do DNA da nossa empresa

Sustentabilidade

Na produção das nossas embalagens trabalhamos exclusivamente com a transformação da resina polipropileno (PP). O material é 100% reciclável e de fácil reprocessabilidade, podendo ser reutilizado para a produção de outros itens após o descarte, o que aumenta a sua vida útil. 

O símbolo de reciclagem do PP é o número 5, facilmente observado no fundo de todas as nossas embalagens. A transformação do PP é limpa e não libera nenhum gás poluente na atmosfera.

Responsabilidade Socioambiental

Contribuímos com a redução dos impactos ambientais inerentes às atividades de produção de embalagens plásticas. Participamos do desenvolvimento das comunidades localizadas no entorno das nossas fábricas. Para nós, é muito mais que uma responsabilidade, é uma visão de futuro.

Para garantir esses objetivos, atuamos em parceria com a P&P Reciclagem, empresa especializada no gerenciamento de resíduos industriais, por meio do controle e da sistematização do processo de coleta seletiva, triagem e destinação de forma ambientalmente correta, observando a legislação pertinente, as melhores tecnologias disponíveis e avaliando a sua aplicabilidade e viabilidade econômica.

Outra atividade muito importante para a preservação do meio ambiente é o cuidado com o descarte de nossos efluentes. Em nossa unidade localizada no Nordeste funciona uma Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) com plena capacidade de tratamento da fábrica.

Como prestação de serviço aos nossos clientes, para eventuais descartes de materiais plásticos, disponibilizamos o site Rota da Reciclagem, que reúne todos os recicladores disponíveis no Brasil e homologados pela Abiplast – Associação Brasileira da Indústria do Plástico.

www.rotadareciclagem.com.br

Caixas e Pallets Retornáveis

A exploração em massa de recursos naturais para produção e consumo tem crescido e afetado de forma negativa o meio ambiente. A Fibrasa respeita o meio ambiente e políticas que tenham como objetivo promover a sustentabilidade, por isso, nos comprometemos adotar políticas e ações de reuso de insumos para a preservação dos recursos naturais.

Uma dessas iniciativas é o Projeto Caixas Retornáveis. Trabalhamos com caixas retornáveis nos clientes localizados no raio de 3.500 quilômetros, fazendo em média 8 utilizações. Desta forma, evitamos o consumo de 360 mil novas caixas/ano. Cada caixa pesa 2,5 Kg, o que corresponde a 900 toneladas de papel/ano e equivale à preservação de 1.800 árvores/ano.

O Projeto de Sustentabilidade Pallet Retornável também integra nossas políticas de preservação ambiental. Utilizamos madeira nobre, com pallets impermeabilizados e identificados. Dessa forma, recursos naturais são conservados e a quantidade de resíduos é reduzida consideravelmente, além de promovermos a reciclagem desses materiais.

Segundo estudos divulgados pela Franklin Associates, a emissão de gases por pallets retornáveis é de 30%, enquanto a dos descartáveis é de 135%. Outro dado interessante é que o consumo de energia dos retornáveis é de 30%, e a dos descartáveis, 125%. O descarte sólido corresponde a 8x, já a dos descartáveis, 12x.

O pallet impermeabilizado pela Fibrasa está livre da umidade, bactérias e fungos. Cada uma delas pesa aproximadamente 10kg, sendo que são consumidas 800 unidades mensais. Esses números indicam uma preservação de cerca de 140 árvores.

Somos uma empresa ecologicamente correta e nossos clientes compartilham dessa mesma posição. Alguns deles são: Serasa Alimentos, Dan Vigor, BRF, M. Dias Branco, FEMSA (grupo Coca Cola), Ativ Plus, Prisma, Gtex, SB Barra, Asa e Talentos.

PCR (resina pós-consumo)

A Fibrasa tem o compromisso com a sustentabilidade, por isso, desenvolve
iniciativas para reduzir o impacto ambiental de suas atividades. Uma delas é a
utilização de PCR (material pós-consumo) para a produção de seus baldes
plásticos de polipropileno.

De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e
Resíduos Especiais (ABRELPE), o Brasil gera 78,4 milhões de toneladas de
resíduos sólidos por ano, sendo que 40,9% têm destinação inadequada. O
Sistema Nacional de Inovação (SNI) também aponta que somente 2,1% de
resíduos do país são reciclados.

O PCR é um material pós consumo reciclável, usado para produzir
embalagens, com o propósito de mudar esse cenário. A partir de recipientes
plásticos descartados pelos consumidores, são geradas resinas,
posteriormente reintroduzidas (entre 20% e 40%) na produção de novos
materiais. Nossa empresa adota o conceito de mineração urbana, reúne sustentabilidade, inovação e tecnologia para recuperar matérias-primas de produtos descartados na cidade e trazê-las de volta para novos produtos de maneira econômica e sustentável.

Atualmente, a Fibrasa conta com alguns fornecedores parceiros fundamentais
para o sucesso do projeto PCR. Um deles é a Braskem, maior produtora de
resinas termoplásticas das Américas e nossa principal fornecedora de resina
virgem, além de um dos nossos fornecedores de PCR.
Esse projeto mostra a responsabilidade da Fibrasa com o meio ambiente, que
tem a sustentabilidade como um dos pilares da empresa.